fbpx

Uma das premissas que a MDGP adota em seus projetos é a sustentabilidade. Mais que oferecer empreendimentos exclusivos e confortáveis, queremos proporcionar a experiência de morar em uma construção com impacto mínimo ao meio ambiente, por meio de diversas tecnologias e inovações.

Os residenciais Arbo Cabral e Átman Cabral estão em processo de certificação para obter o selo GBC Brasil Condomínio, fornecida pelo Green Building Council Brasil. Um dos critérios para obtê-lo é a eficiência hídrica com o reuso e redução no consumo de água. As medidas adotadas para racionalizar os recursos hídricos começam na concepção do projeto, com a especificação de metais e louças sanitárias de alta tecnologia que colaboram com a redução no consumo sem diminuição do conforto.

Já na execução das obras destes residenciais, é realizada a captação e aproveitamento da água na chuva no canteiro de obras, com medidas para evitar o desperdício. Uma vez prontos, os empreendimentos têm previsão para reuso das águas pluviais na  irrigação do paisagismo e limpeza das áreas comuns.

Acompanhe os números da economia do consumo de água no Arbo Cabral:

FireShot Capture 114 - Resultados da pesquisa - tallita@intermixcomunicacao.com.br - E-mail _ - mail.google.com

No momento, o Paraná passar por um longo período de estiagem e as companhias têm adotado sistemas de rodízio no abastecimento de água, o que reforça ainda mais a importância de as edificações do futuro serem construídas para uso eficiente e racional deste recurso vital. Edifícios sustentáveis proporcionam, além da redução nas contas de consumo para os moradores, a valorização no valor do metro quadrado nos imóveis.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *