As fachadas verdes vêm se destacando nos novos empreendimentos que prezam pelas vantagens tanto ecológicas como construtivas. Movimento iniciado na Europa e popularizado no início do século XXI pelo botânico francês Patrick Blanc, os jardins verticais se caracterizam pela presença de vegetação em paredes de construções ou em estruturas separadas que possibilitam o crescimento e desenvolvimento desta, tendo como referência mundial a parede viva do Musée du Quai Branly, em Paris, criada pelo próprio Patrick.

No Brasil, mesmo a prática de implantação verde ser recente, é evidente o crescimento de soluções sustentáveis pelos espaços urbanos, que passam a ganhar cor com as novas opções combinadas ao paisagismo. Os modelos de jardins oferecem várias vantagens às construções e ao meio ambiente, entre elas: equilibrar a temperatura, diminuir a poluição e os ruídos externos que incidem na própria fachada, são soluções que contribuem para um edifício alcançar selos de sustentabilidade, como o selo LEED referencial GBC Condomínio, no qual o Arbo Cabral se destaca.

O conceito paisagístico do empreendimento Arbo Cabral projetado pelo renomado escritório Burle Marx tem em seu DNA a preocupação de utilizar em cada projeto espécies vegetais nativas da região ou plantas exóticas e adaptadas ao clima, assim o gasto de água com a irrigação e a energia empregada durante a manutenção do condomínio e manejo dos jardins diminuem. No Arbo, está presente em canteiros com traçados sinuosos, nos espelhos d’água, nos espaços de lazer e nas diversas práticas de sustentabilidade empregadas no local.

O “balcony garden” alinhado ao piso da varanda, coberto com vegetação padronizada e complementadas pelas árvores de médio porte, mantém a estética da fachada e, também, conecta aspectos urbanos à natureza.  

“O Arbo Cabral é um projeto contemporâneo para o qual tentamos buscar algumas tendências atuais, com muito bem-estar e contato com o que é natural. Trabalhamos com formas sinuosas na composição que se revelam, sobretudo, nos canteiros”, afirma Julio Ono. “Nossa ideia é transformar a paisagem, valorizando o Cabral através da integração entre arquitetura e paisagismo. Curitiba é uma cidade com estações bem marcadas e paisagens que se alteram ao longo do ano. Então, este projeto foi pensado para acompanhar essa mudança, ao mesmo tempo em que aproxima o homem de sua essência”, resume Gustavo Leivas – ambos profissionais responsáveis por assinar o paisagismo do empreendimento.

Para saber mais detalhes sobre os diferenciais construtivos, visite o nosso Ponto de Venda na Rua São Pedro, 84- Cabral.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *