Quando você compra um eletrodoméstico, sabe que precisa verificar o quanto ele gasta de energia. É fácil identificar, afinal, eles já vêm com o chamado selo Procel, que identifica o gasto energético do aparelho. Esse sistema, que chancela quem economiza mais, tem agora uma versão que certifica também construções energeticamente sustentáveis, o programa PBE EDIFICA. E a boa nova é que o Átman Cabral, que foi planejado para ser mais eficiente energeticamente, acaba de receber o selo PBE Edifica, com nível A de eficiência em todos os apartamentos e área comum. 

O empreendimento faz parte de uma turma de edifícios residenciais a serem contemplados com a certificação, que identifica as construções que apresentam as melhores classificações de eficiência energética, motivando incorporadoras a construir de maneira mais sustentável e o mercado consumidor a adquirir e utilizar imóveis mais econômicos. O selo PBE Edifica garante que o empreendimento foi projetado de maneira eficiente e atende com segurança aos parâmetros máximos estabelecidos no Programa Brasileiro de Etiquetagem de Edificações (PBE), com relação ao desempenho energético.

São levadas em conta diversas propriedades de projeto, como características construtivas, que garantem isolamento térmico e um bom comportamento da edificação durante o inverno e o verão; tipos de vidros e aberturas para ventilação e iluminação natural; uso de sistemas e equipamentos eficientes; e redução no consumo de água.

Este selo faz parte de uma iniciativa do INMETRO para desenvolver programas de avaliação de desempenho, de forma a contribuir com a racionalização do uso de energia no Brasil, prestando informações sobre a eficiência energética dos equipamentos disponíveis no mercado nacional. Isso virou o Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), que é composto por 38 Programas de Avaliação da Conformidade em diferentes fases de implementação, que contemplam desde a etiquetagem de produtos como fogões, refrigeradores e condicionadores de ar, até veículos e edificações.

Os programas do PBE são coordenados em parceria com o Programa Nacional da Racionalização do Uso dos Derivados do Petróleo e do Gás Natural (CONPET), e o Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (PROCEL). O CONPET e o PROCEL são duas iniciativas governamentais operacionalizadas, respectivamente, pela Petrobras e pela Eletrobras, que premiam os produtos mais eficientes na etiquetagem do INMETRO.

Nós da MDGP dividimos com você e com o mercado esta grande notícia, que reforça que estamos no caminho certo. Nossos valores e nosso compromisso com o consumidor, com o meio ambiente e com a cidade são demonstrados pelas escolhas que fazemos em cada projeto. Tudo é planejado para ser mais eficiente e provocar menos impactos ambientais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *